Regulamento

1 – COMENDA ILKA MUNHOZ

É uma HOMENAGEM CONCEDIDA PELA COORDENADORIA NACIONAL DAS ENTIDADES DE SENHORAS DE ROTARIANOS, por ocasião do Encontro Nacional da Amizade, aos seus membros ou outras personalidades que prestarem relevantes serviços com vistas à melhoria do funcionamento da organização da Entidade.
A Comenda Ilka Munhoz foi criada por iniciativa da Coordenadora Nacional Josefina Reis de Moraes (2004/2006) e aprovada na Assembleia Geral do XXI Encontro Nacional da Amizade, realizado em Brasília/DF. Sua finalidade é a de se conservar indelével a lembrança ilustre da companheira Ilka Marques Munhoz frente a sua ação grandiosa para a instituição do movimento que reúne as Entidades de Senhoras de Rotarianos ao idealizar e fundar a Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos.
A Comenda Ilka Munhoz é uma honraria concedida exclusivamente pela Coordenadoria Nacional composta pela sua diretoria e membros do Colegiado Nacional com os Conselhos Consultivos e Fiscais, que configuram a Assembleia Geral.

2 – IDENTIFICANDO ILKA MARQUES MUNHOZ

Ilka Marques Munhoz pertenceu a ASR de Curitiba/PR e realizou, fundou e deu início à implantação do Movimento Coordenadoria (12/04/69), que orienta e aproxima as Associações das Senhoras de Rotarianos. Artista plástica de grande sensibilidade e aprimorada competência técnica, acumulava funções de mãe dedicada, dona de casa irrepreensível, com a sábia capacidade de desenvolver o dom de sua privilegiada inteligência. Vivenciou intensamente a cidadania, deixando a marca de sua presença na defesa do meio ambiente e no apoio às pessoas com deficiência mental. Ademais, foi intitulada unanimente pelo Colegiado Nacional, como Coordenadora Honorária do Brasil, aprovada por aclamação no Plenário do Encontro Nacional da Amizade, na cidade de Teresina/PI, no dia 09 de setembro de 1992.

As Entidades de Senhoras de Rotarianos do Brasil, perderam em 25 de setembro de 2000, uma das mais expressivas companheiras com capacidade de mobilização suficiente para idealizar a Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos. Nesse contexto, não haveria personalidade mais indicada para dar nome à Comenda instituída pela Coordenadoria Nacional.

3 – REGULAMENTO

 

Nome: Projeto Comenda Ilka Munhoz
Proponente: Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos – CNESR.
Finalidades:
– Prestar homenagens às pessoas prestadoras de relevantes serviços à organização Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos em seus diferentes níveis.
– Premiar e/ou apoiar o desenvolvimento de projetos no âmbito das ESR por meio de uma contribuição cidadã.

CONTEXTO E JUSTIFICATIVA

Até a década de 60 as Casas da Amizade atuavam na informalidade com atividades como construção de creches, asilos, bibliotecas, muitas vezes, em terrenos doados pelo Poder Público, assim como ajudavam na manutenção dessas entidades com doação de cestas básicas, enxovais infantis, cadeiras de rodas, contudo, não atuavam como Organizações Não Governamentais legalmente instituídas. Essa necessidade começou a ser percebida e, gradativamente, levou estas entidades a se organizarem de forma legal. Em consequência desse processo, surgiu em 1969, a primeira Coordenadoria Distrital idealizada e criada por Ilka Marques Munhoz, esposa do governador do Distrito 463, que compreendia todo o Estado do Paraná, Dr. Milton Macedo Munhoz, ícone da cultura rotária. Logo após, outras Coordenadorias Distritais foram criadas em Encontros realizados em nível nacional: no terceiro Encontro Nacional da Amizade (ENA) realizado em Salvador, foi criada mais uma Coordenadoria Distrital, do então 455, e no quarto Encontro realizado em Londrina foram instituídas mais três: São Paulo, capital, Marília e São Carlos. Diante da existência de cinco Coordenadorias Distritais novamente Ilka Munhoz surge como protagonista de nossa história, quando em Londrina/PR propõe a criação de um órgão aglutinador em nível nacional, que funcionaria em caráter experimental por dois anos. Em 1972, com a indicação de Maria do Carmo Gouveia de Moraes para ocupar o cargo de Coordenadora Nacional, é aclamada, em plenária, a criação da Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos.

QUEM É ILKA MARQUES MUNHOZ?

Penúltima dos sete filhos do casal Ennio Marques e Nathália Stole Marques, Ilka nasceu a 16 de setembro de 1912 em Curitiba.

Àquela época estudava-se em casa e foi assim que teve seu aprendizado, com professores de diversas áreas. Na década de 1920 foi aluna de Alfredo Andersen, cujas obras compõem atualmente um museu com seu nome em Curitiba, e com ele desenvolveu grande habilidade na pintura. Entusiasmada com as aulas do artista e amigo da família, dedicou-se a pintar telas com afinco, muitas delas passando a figurar em exposições e mostras. Também recebeu aulas de piano, o que lhe permitiu, mais tarde, já adulta, dominar o acordeão com que animava as reuniões familiares e algumas festinhas dos mais jovens.

Em 1929, com pouco mais de dezessete anos, casou com o médico, professor universitário e empreendedor Milton de Macedo Munhoz, falecido em 1977. O casal teve quatro filhos, onze netos e inúmeros bisnetos.

Mesmo com os afazeres domésticos, fundou a Associação Feminina de Educação à Criança Excepcional, tendo-a presidido durante dez anos, e, depois, o Centro de Dia São Francisco de Assis, especializado em atendimento a excepcionais em nível severo no sul do país. Em tudo apoiava o marido, acompanhando-o como rotariano nas visitas aos Clubes do Paraná. Em 1969, fundou a Coordenadoria Distrital das Senhoras de Rotarianos, que presidiu e serviu de inspiração para a implantação do modelo em outros Distritos paranaenses e brasileiros. Em 1972, criou a Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos, razão pela qual foi agraciada com o título de Coordenadora Honorária das Entidades de Senhoras de Rotarianos do Brasil.

Viveu 88 anos, até 25 de setembro de 2000.

Fonte: Manoel Eugênio Marques Munhoz (filho de Ilka Marques Munhoz)

DA COMENDA E SUA IMPORTÂNCIA

Em 2006, surgiu a ideia de criação da Comenda Ilka Munhoz por sugestão do rotariano Isai Lopes de Moraes, cônjuge da então Coordenadora Nacional Josefina Reis de Moraes, ocasião em que ele participou de todo um processo grandioso, desenvolvido pelas Entidades de Senhoras de Rotarianos, contando com poucos recursos e muitas histórias de protagonismo. Diante da importância dessa companheira, em Assembleia Geral Ordinária realizada no XXI ENA, Brasília/DF, foi instituída a Comenda Ilka Munhoz, singela homenagem pelo reconhecimento do pioneirismo e visão de futuro dessa notável senhora de rotariano que marcou a nossa história no século XX.

Desde 2006, época de criação da Comenda, tem sido outorgada a importantes personalidades ligadas à Coordenadoria Nacional. A proposta inicial da Comenda trazia em sua concepção uma dupla finalidade: primeiro, homenagear companheiras ou personalidades com destaque no desenvolvimento de trabalhos sociais; segundo, premiar e/ou apoiar com recursos financeiros projetos desenvolvidos pelas Entidades de Senhoras de Rotarianos em atendimento às diretrizes da CNESR.

Esta segunda aspiração da Comenda encontrou respaldo em uma Contribuição Cidadã, possibilitando, assim, a criação de um Fundo Social destinado à manutenção de projetos da Área de Educação com desdobramento em suas subáreas: Educação para o Meio Ambiente/ Saúde, Alfabetização/ Letramento, Leitura e Produção de Textos, Inovação e Novas Tecnologias, Educação para o Esporte e o Projeto Amigos da Velhice. E, entrou em vigor por decisão da Assembleia Ordinária no XXVI ENA, realizado em Cuiabá/MT.

Ser portador(a) da Comenda Ilka Munhoz pode ser considerado um privilégio não só pelo protagonismo da Companheira Ilka Marques Munhoz, mas também pela posição de destaque que o contemplado(a) adquire no cenário da Coordenadoria Nacional, Distrital e de sua ESR (Entidade de Senhoras de Rotarianos), conforme demonstração no desdobramento deste projeto.

O QUE É SER “ILKA MUNHOZ?

DAS HONRARIAS – Valores e reconhecimentos por meio da Contribuição Cidadã.

A pessoa agraciada com a COMENDA ILKA MUNHOZ terá um destaque de honra e o reconhecimento público conforme exposto abaixo:

  • disponibilização de um espaço em destaque no site e boletins da CNESR para ampla divulgação dos nomes dos portadores da COMENDA ILKA MUNHOZ;
  • confecção de um Quadro de Honra com os nomes dos portadores da COMENDA ILKA MUNHOZ com seus respectivos Distritos e Entidades aos quais pertencem para ser exposto em cada ENA;
  • entrega solene das Comendas em espaço de honra reservado no ENA ou Encontros Distritais da Amizade ou reuniões festivas das Casas da Amizade;
  • reconhecimento, por meio de Diploma de Honra ao Mérito, ao Distrito que mais contribuiu com a aquisição da Comenda;
  • registro em Cartório dos nomes das pessoas portadoras da COMENDA ILKA MUNHOZ;
  • registro “ad eterno” dos 100(cem) primeiros contemplados com a COMENDA ILKA MUNHOZ sendo intitulados como CONTRIBUIDORES CIDADÃOS PIONEIROS, cujo início desta honrosa sequência encontra-se a ilustre companheira MARIA DO CARMO GOUVEIA DE MORAES.

DOS OBJETIVOS

OBJETIVO GERAL

Promover a imagem pública de Ilka Marques Munhoz, um autêntico símbolo de pioneirismo e protagonismo no processo organizacional da Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos, por meio da criação do título: COMENDA ILKA MUNHOZ.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  1. Homenagear qualquer associada ou instituição pelos relevantes serviços prestados à comunidade, à sociedade e às ESR, com a outorga da COMENDA ILKA MUNHOZ.
  2. Angariar fundos provenientes da aquisição da Comenda Ilka Munhoz, mediante doação espontânea de valores financeiros, com o objetivo de premiar e/ou apoiar os projetos em desenvolvimento, contemplados por ocasião das reuniões festivas realizadas no âmbito das Entidades de Senhoras de Rotarianos, nos Encontros Distritais e no Encontro Nacional da Amizade.
  3. Distinguir, por ocasião do ENA, o Distrito que mais adquiriu a Comenda Ilka Munhoz, mediante reconhecimento da atuação da sua Coordenadora Distrital.

DA COMENDA E SIMBOLOGIA

A COMENDA ILKA MUNHOZ é o nome que leva o certificado de reconhecimento outorgado pela CNESR às associadas das ASR e/ou CA, às pessoas não vinculadas a essas associações e ainda às instituições, todas solidárias em apoiar projetos sociais desenvolvidos junto à comunidade e à sociedade em geral, criando e fomentando o espírito de colaboração no atendimento às necessidades humanitárias através de prestação de serviços voluntários.

A COMENDA ILKA MUNHOZ será representada por uma joia confeccionada em ouro com a estampa da imagem de Ilka Munhoz. No verso constará o nome do(a) agraciado(a) e o número crescente pela ordem de recebimento da distinção e por um diploma de Honra ao Mérito contendo impresso  o símbolo da CNESR, do Distrito e da ASR e/ou Casa da Amizade, onde será especificado a natureza da Comenda: homenagem ou contribuição cidadã.

DA AQUISIÇÃO

A COMENDA ILKA MUNHOZ será outorgada a:

  • qualquer associada da ASR e/ou Casa da Amizade,
  • qualquer pessoa não vinculada a estas associações e ainda a qualquer instituição, pela doação espontânea da importância de quinhentos dólares ao fundo social;
  • qualquer pessoa ou instituição homenageada com a COMENDA ILKA MUNHOZ por iniciativa e doação de outrem em demonstração de agradecimento e carinho.

As doações feitas na aquisição da COMENDA ILKA MUNHOZ significam muito, pois dão à CNESR condição de premiar e/ou apoiar valiosos projetos desenvolvidos pelas ASR e/ou CA no âmbito de suas comunidades.

DO FUNDO SOCIAL

O FUNDO SOCIAL é um fundo soberano, independente, com autonomia própria, destinado a receber as parcelas dos recursos oriundos da “Contribuição Cidadã”, cuja aplicabilidade é rigorosamente atender e apoiar projetos desenvolvidos pelas ASR e/ou CA. É um fundo que está diretamente associado à aquisição da COMENDA em decorrência de homenagem e de adesão à “Contribuição Cidadã”, junto aos associados, colaboradores e beneméritos. Qualquer outorga da COMENDA ILKA MUNHOZ, a quem quer que seja só poderá ser efetuada com o valor total ou com as parcelas de doações da “CONTRIBUIÇÃO CIDADÔ plenamente quitadas.

REGULAMENTAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO SOCIAL

Definir o valor de 500 dólares (dólar comercial vigente) para a “Contribuição Cidadã” dividido em até vinte parcelas mensais. Destinar um percentual para a aquisição da Comenda, outro será destinado a premiação e/ou apoio e ajuda a projetos desenvolvidos pelas Entidades, ficando um pequeno valor para as despesas de manutenção dos serviços oferecidos pela Secretaria da CNESR.

DA SECRETARIA E TESOURARIA DA CNESR

Compete à Secretaria da Coordenadoria Nacional organizar, registrar, comunicar tudo de acordo com as normas da COMENDA ILKA MUNHOZ. Para tanto, é necessário a criação de mecanismos para informar e apresentar à Coordenadora Nacional todos os registros, títulos, diplomas, além da organização de um Livro de Ouro. Disponibilizar um espaço em destaque no site e boletins da CNESR para ampla divulgação dos nomes dos portadores da COMENDA ILKA MUNHOZ. Confeccionar um Quadro de Honra com os nomes dos portadores da COMENDA ILKA MUNHOZ com seus respectivos Distritos e Entidades aos quais pertencem para ser exposto em cada ENA. Comunicar à Coordenadora Nacional a relação dos Distritos que adquiriram a COMENDA ILKA MUNHOZ.

Compete à Tesouraria da Coordenadoria Nacional contabilizar os recursos provenientes da Comenda, comunicando à Coordenadora Nacional os recursos disponíveis à premiação e/ou apoio aos projetos para as devidas providências.

DA SELEÇÃO DOS PROJETOS

Qualquer decisão referente à Comenda Ilka Munhoz deverá ter aprovação do Conselho Consultivo da CNESR. Nenhuma COMENDA ILKA MUNHOZ poderá ser outorgada sem o seu correspondente financeiro de 500 dólares (dólar comercial vigente) depositado no fundo social. Qualquer dúvida ou desacordo com referência a este projeto “COMENDA ILKA MUNHOZ” deverá ser solicitada a intervenção do Conselho Consultivo da CNESR.

Brasília/DF, 13 de junho de 2018

Zilda de Freitas Queiroz

Josefina Reis de Moraes